Pão Australiano (tipo Aussie Bread do Outback)


**Receita alterada e corrigida em 01/2014

(Ciclo Amassar e Assar)

Tamanho: 900gr

1 xícara de água morna
1 colheres (sopa) de margarina
1 colheres (sopa) de óleo
1/2 xícara de melado ou mel
2 e 1/2 xícara de farinha de trigo branca
1 xícara de farinha de trigo integral
1 xícara de farinha de centeio
2 colheres (sopa) de chocolate em pó ou 1 colher (sopa) de cacau em pó
3 colheres (sopa) de açúcar mascavo
1 colher (chá) de sal
1 colher (sopa) de glúten (opcional)
2 e 1/2 colher (chá) de fermento biológico seco (se estiver um dia muito quente use menos)
Fubá para polvilhar

Na máquina de pão acrescente todos os ingredientes (menos o fubá), na ordem acima. Ligue no ciclo Amassar/Massa. Quando o ciclo terminar, retire a massa passe suavemente sobre o fubá, coloque na forma e deixe crescer por aproximadamente uma hora e programe o ciclo assar, se desejar separe-a em 6 partes iguais.
Modele 6 pãezinhos de cerca de 12cm de comprimento e 5cm de largura. Polvilhe uma superfície com fubá. Umedeça as mãos, passe-as levemente sobre os pãezinhos e passe-os no fubá. Coloque-os em uma assadeira, cubra com um pano e deixe crescer durante uma hora.
Pré-aqueça o forno a 180°C. Leve os pãezinhos crescidos ao forno e asse por 35 a 40 minutos, ou até dourar. Tire do forno e deixe-os esfriar por 15 minutos. Sirva com manteiga, gelada ou amolecida.

Observações importantes:
A massa sai da máquina com uma consistência molinha, mas com pouca farinha é possível modelar os pãezinhos sem deixar a massa dura demais.
Os pães não chegam a dobrar de volume ao crescer, mas ao assar crescem bastante
Se quiser servir este pão com uma manteiga parecida com a servida no Outback, é simples, deixe a manteiga atingir a temperatura ambiente e bata-a na batedeira, em velocidade alta. Aos poucos, acrescente água gelada até a manteiga ficar areada. (Use no máximo 1/4 de xícara de água gelada para cada xícara de manteiga batida.)
Se sua máquina for grande pode utilizar o ciclo Doce e fazer todo o processo na máquina mesmo.


Maurício Rodrigues

Olá friends, eu sou Maurício Rodrigues, Blogueiro e YouTuber...e este é o meu mundo! Adoro criar e ensinar receitas e dicas com eletrodomésticos, ferramentas e utensílios que facilitam a nossa vida na cozinha.

Obs: Todas as receitas deste blog são testadas e adaptadas por mim, fotos próprias ou de parceiros, créditos cedidos ou royaltfree.

56 comentários:

  1. To tentando esse hj com as dicas importantes... Vamos ver se da certo. Amo esse pao! Se ficar parecido com o do restaurante, vou ficar satisfeita.

    ResponderExcluir
  2. Aprovado. Ficou muito bom!

    ResponderExcluir
  3. Olá, fica ótimo sim, sempre faço como entrada de jantar, e sirvo costelinhas de porco ao barbecue com batatas temperadas ao alecrim, fica perfeito, todo mundo adora!

    ResponderExcluir
  4. Nem me fale, tb adoro este pão, nesse friozinho com um cappuccino... rs

    ResponderExcluir
  5. é necessário o glutem??

    ResponderExcluir
  6. Não, pode substituir por amido de milho ou fécula de batata.

    ResponderExcluir
  7. Onde eu moro nao encontro centeio. Da pra substituir?

    ResponderExcluir
  8. Olá, substituir e ober o mesmo resultado não dá, mas vc pode tentar usar farinha integral comum no lugar juntamente com um pouco de farinha de linhaça escura para se aproximar mais. Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vou tentar mesmo assim, obrigada. Estou na Grecia e essas coisas diferentes sao dificeis de achar em supermercado comum. Obrigada!

      Excluir
  9. Salve mauricio...blz !!!!
    Esse gluten pode ser substituido pelo que? ou pode deixar sem?

    ResponderExcluir
  10. Eu já fiz algumas vezes sem mesmo, mas vc pode quebrar um galho substituindo por amido.

    ResponderExcluir
  11. oi Mauricio. Depois que o ciclo amassar acabar voce deixar a massa descansar por uma hora e depois programa o ciclo assar? Porque voce leva a massa ao forno se voce ja pois para assar na maquina de pao?

    ResponderExcluir
  12. Oi Glauber, acho que vc não leu direito rs... retiro para passar no fubá, e ensino a assar no forno também caso deseje! Abraços!

    ResponderExcluir
  13. Não conheço o pão do Outback,mas fiz "a la Mauricio" e ficou muito bom.Coloquei mais 1/2 de farinha branca e 1/2 de integral,pois não tinha centeio e ficou uma delícia.Parabéns,adoro seu blog.
    Josiane

    ResponderExcluir
  14. Oi Josiane, obrigado, que bom que gostou, abraços!

    ResponderExcluir
  15. Amigo quando você fala que se a máquina for grande pode fazer todo processo nela, qual seria o tamanho da máquina? Obrigado e parabéns pelo blog!

    ResponderExcluir
  16. São máquinas de duas pás batedoras, que são maiores.

    ResponderExcluir
  17. Maurício boa tarde, por favor me ajude, fiz este pão, a textura da massa ficou muito boa mas o pão não cresceu muito, ficou muito pesado, em umas pesquisas na internet vi que existe fermento para massa doce, seria esse o meu erro? utilizar o fermento seco instataneo normal? Qual fermento você usa nesses tipos de massa? Obrigado! A fiz um pão de mel leve seu que ficou ótimo!

    ResponderExcluir
  18. Oi Victor, vc pode só usar um pouco mais de fermento mesmo, eu uso sempre o normal, não veja diferença no de massas doces. Abraços!

    ResponderExcluir
  19. Fiz o pão e amei!!
    Super recomendo essa receita.
    Parabéns! As Receitas são ótimas!

    ResponderExcluir
  20. Maurício, estou comentando como Anônimo porque o blog não deixa eu postar mais um comentário, aqui é o Daniel Chaves de novo.

    Você não respondeu minha pergunta, esse pão cresce como qualquer outro pão? na foto da receita ele não é grande, os outros que faço sempre ficam maiores e as vezes até vazam da forma, esse não cresce, ele fica com o gosto bom porém é massudo.

    Gostaria de saber se ele é massudo, se é macio, se cresce ou se fica pequeno. Afinal, estou colocando todos os ingredientes na ordem escrita, fazendo com o ciclo de amassar, depois deixando 1 hora descansando, depois o ciclo de assar. Estou usando o fermento Fleischmann também. O ciclo de amassar da máquina amassa e deixa 1 hora descansando, depois disso ainda deixei mais 1 hora como manda a receita, depois coloquei no assar.

    ResponderExcluir
  21. Daniel, é só fazer como está na receita, já atualizei esta receita faz tempo depois de refazer algumas vezes fiz pequenas modificações. Fica macio, com textura de pão doce, não fica massudo e cresce tanto que as vezes encosta na tampa, por isso falo como fazer no forno também. Basta usar o ciclo Doce, não em que fazer mais nada, e claro olhe a textura da massa, deve ficar lisa mas ainda um pouco grudenta, assim o pão fica úmido. Abraços!

    ResponderExcluir
  22. É uma pão "avançado", não é todo mundo que consegue fazer infelizmente, exige um pouco de experiência com pães devido aos próprios ingredientes que causam muita variação, mas garanto que dá certo, faço sempre que preparo costela ou carnes ao barbecue.

    ResponderExcluir
  23. Olá Mauricio,td bem? Gostaria de fazer todo o processo dessa receita (sem tirar para passar o fubá) na própria MFP. Mas qual ciclo usar? Tô confusa com os comentários.A minha tem 500gr, 750gr e 1000gr, uso a de 1000gr? Bjs e obrigada.

    ResponderExcluir
  24. Pode sim, use o ciclo doce ou integral. Sim 1kg.

    ResponderExcluir
  25. Moço, que trem bom demais, uai!
    Tenho a MFP Britania e já fiz 3 vezes. A massa nem precisou de farinha para chegar no ponto.
    Assei no forno. Disseram que ficou melhor que o do outback!
    Muito obrigada pelas suas maravilhosas receitas!

    ResponderExcluir
  26. Bom dia. Fiz essa receita inteira na máquina de pão e o pessoal de casa gostou muito, porém eu achei que a massa ficou muito densa. Explico: o pão do Outback é mais aerado por dentro e o meu ficou mais 'massudo'. Outra coisa que eu achei é que ficou muito doce para o meu paladar. O que vc sugere para o pão ficar mais aerado? E para ficar menos doce diminuo o açúcar ou o mel? Obrigada desde já pela atenção.

    ResponderExcluir
  27. Sugiro que reduza o açúcar e que asse no forno.

    ResponderExcluir
  28. Sem dúvidas a melhor receita de pão que eu fiz até agora com essa máquina.
    O cheiro que se espalha pela casa já deixa você louco para experimentar.
    Muito obrigado por compartilhar essas maravilhas, Maurício.
    Um Abraço!

    ResponderExcluir
  29. Tb amo esse pão, desde sempre e para sempre rs... que bom que gostou, abraços!

    ResponderExcluir
  30. Maurício, parabéns, pelo blog e por esse pão! Achei que a massa ficaria dura e usei mais 50ml de água morna e os demais ingredientes certinhos como vc orientou! Ficou um show!!!!!!! Valewwww

    ResponderExcluir
  31. As farinhas integrais as vezes absorvem mais ou menos água, é normal.

    ResponderExcluir
  32. Olá Maurício, tudo bem? Parabéns pelo blog, tenho aprendido muito! Fiz o pão australiano e foi um sucesso! Mas eu tenho duas dúvidas: posso assar ele na máquina ou fica melhor no modelando e assando no forno convencional? Como o pão tem uma coloração marrom como posso fazer para quando ele já está dourado para retirar do forno? Muito obrigado pelas dicas!

    ResponderExcluir
  33. Olá, obrigado! Esse eu prefiro assar no forno, até dá na máquina. No forno vc sabe que está assado porque ficará mais moreno por cima e ao bater de leve na casca fará um som mais seco, como oco.

    ResponderExcluir
  34. o batedor da minha maquina nao ta normal .. ele funciona um pouco e para toda hora ..ele ta encaixado mas n funciona normalmente para toda hora de misturar a massa ..o q faço???????????

    ResponderExcluir
  35. Durante o processo do preparo do pão a máquina bate e para várias vezes mesmo rs, é normal.

    ResponderExcluir
  36. Maurício, aquelas polentas instantâneas podem ser usadas no lugar de fubá?
    Também comprei o livro. Quando você modificar alguma receita no blog você poderia publicar no Facebook para quem tem o livro ficar sabendo? Obrigada

    ResponderExcluir
  37. Adorei o blog e essa receita, vou tentar hoje! queria só uma dica, tenho a máquina mas sempre prefiro assar o pão no forno, porém ele queima o fundo, msm não estando fogo alto, forma baixa etc. Posso untar ou fazer alguma coisa para evitar isso? Obrigada!! Patricia

    ResponderExcluir
  38. Obrigado! Forre com umas duas camas de papel manteiga ou dover assa + leve e coloque a assadeira na grade mais alta do forno.

    ResponderExcluir
  39. Eduardo.
    Olá Maurício, tem algum jeito de guardar uma parte dessa massa para assar outro dia?

    ResponderExcluir
  40. Vc pode guardar na geladeira, aí depois retira, deixa sair um pouco o gelado e aí assa.

    ResponderExcluir
  41. Alguém sabe onde encontro farinha de centeio no Rio de Janeiro?
    Obrigada

    ResponderExcluir
  42. Supermercados, cerealista e casas de produtos naturais.

    ResponderExcluir
  43. Esse pão fica perfeito!!!! E não tinha açúcar mascavo e coloquei o branco mesmo. Mesmo assim ficou igualzinho ao do Outback. Outra coisa, usei o ciclo Amassar da máquina de pão, mas depois deixei descansando ja na forma para assar no forno normal. A massa ficou bem levinha, mas realmente não cresce tanto quanto os outros pães.

    ResponderExcluir
  44. Maurício, você devia ganhar um prêmio pelos serviços prestados à comunidade de amantes de pão hahaha! Vou fazer essa receita, mas queria saber se posso diminuir a quantidade (até pra poder assá-lo só na máquina no ciclo Doces, pois a minha é pequena) e como ficariam as proporções nesse caso. Abraços!

    ResponderExcluir
  45. kkk obrigado. Pode reduzir na metade se quiser.

    ResponderExcluir
  46. Oba, valeu pela resposta! Esqueci de perguntar: nesse caso, como o pão passa o tempo todo dentro da máquina, o fubá só é polvilhado no final com ele pronto e assado?

    ResponderExcluir
  47. Aí vc polvilha só um pouco por cima antes de ele assar, qd já estiver crescendo.

    ResponderExcluir
  48. Olá querido ! Eu posso subistituir a farinha de centeio por amaranto ? Bjs obrigado

    ResponderExcluir
  49. Ola, Mauricio. Esse aqui foi o melhor pao que eu fiz seguindo as suas receitas. Fiz no ciclo DOCE. Ele cresceu bastante, ficou macio, e manteve uma estrutura firme. A fatia nao quebra na hora de cortar. Pra mim, esse é o equilibrio perfeito entre maciez x firmeza x densidade. Nas outras receitas suas (pao batata doce, 3 farinhas, batata doce com laranja) nao cheguei nesse equilibrio, mas sigo tentando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado. Com o tempo vc pega a pratica. Já deu uma olhada nas DICAS BASICAS ali no menu no topo? Abraços.

      Excluir

Por favor, antes de perguntar veja se sua dúvida já está respondida no próprio texto da receita ou nas DICAS BÁSICAS, links ali no topo do blog no Menu, ou ainda aqui mesmo nos comentários. Obrigado!