Pão Italiano Temperado


(Ciclo Francês)

Tamanho: 600gr

1 xícara de água (240 ml)
1 e ½ colher de sopa de azeite de oliva
1 e ½ colher de chá de sal
2 colheres de sopa de açúcar
4 colheres de sopa de queijo parmesão ralado
1 colher de sopa de salsa picada
2 colheres de chá de cebola em flocos
½ colher de chá de alho em flocos
1 colher de chá de manjericão
3 xícaras de farinha de trigo especial (720 ml)
2 colheres de chá de fermento biológico seco

Retirar a forma de assar de dentro da Máquina de Pão e adicionar todos os ingredientes na ordem acima. Recolocar a forma de assar na Máquina de Pão. Selecionar o tamanho do pão, a cor da casca e o ciclo recomendado. Fechar a tampa e pressionar o botão Iniciar/Ligar.


Maurício Rodrigues

Olá friends, eu sou Maurício Rodrigues, Blogueiro e YouTuber...e este é o meu mundo! Adoro criar e ensinar receitas e dicas com eletrodomésticos, ferramentas e utensílios que facilitam a nossa vida na cozinha.

Obs: Todas as receitas deste blog são testadas e adaptadas por mim, fotos próprias ou de parceiros, créditos cedidos ou royaltfree.

21 comentários:

  1. Olá!
    Primeiramente parabéns pelo Blog.
    Eu tenho uma dúvida, como comecei agora a fazer meus pães, queria saber se a farinha especial é a farinha de trigo branca, ou se é alguma farinha propria para maquinas de MFP.

    Desde já, obrigada.

    ResponderExcluir
  2. Olá, a farinha especial é aquela que vem escrito na embalagem especial, pois elá é mais branquinha e mais beneficiada, nas dicas básicas do blog eu indico algumas marcas. Abraços!

    ResponderExcluir
  3. fiz essa receita substituindo alguns temperos e coloquei 40 g de parmesão ralado na hora, ficou simplesmente o melhor pão que eu ja fiz.

    ResponderExcluir
  4. OLA MAURICIO, você fez esta receita no ciclo massa e assou no forno convencional?

    ResponderExcluir
  5. infelizmente o pao não fica como o verdadeiro pao italiano,ja fiz varias vezes, e nada.

    ResponderExcluir
  6. Você pode fazer tanto de uma forma como de outra, vc escolhe rs

    ResponderExcluir
  7. Olá, parabéns pelas receitas deliciosas. Quero fazer esse pão mas não tenho a menor idéia de onde compro essa cebola e alho em flocos. No mercado devo procurar onde? Como? Grata.

    ResponderExcluir
  8. Arteira, vc encontra na área de temperos, e acha tb nas feiras livres nas bancas de temperos e mercados municipais.

    ResponderExcluir
  9. Olá Marcelo, posso fazer a metade desta receita? A máquina bate uma quantidade pequena de massa?
    Abs.

    ResponderExcluir
  10. Não recomento, já é um tamanho pequeno de pão. Só se a sua for aquelas máquina bem pequenas que só fazem pães de até 600gr.

    ResponderExcluir
  11. Acabei de tirar da máquina. Fica exatamente com aquela textura do pão italiano! Fiz com a casca clara e ficou bem gostosa, porém para quem quer aquela casca bem grossinha típica do pão italiano, só colocar na média que dá certo. Super saboroso!!!

    ResponderExcluir
  12. Oi amigo, esse já é o quinto pão que faço na minha máquina e de longe foi o melhor. Fiz ontem e hoje já acabou rssss. vou fazer hoje novamente. Coloquei um pouco mais de queijo parmesão e tb. um pouco de queijo provolone, ficou show! o sabor ficou mais acentuado hoje do que na hora que tirei. Obrigada por compartilhar suas receitas.

    ResponderExcluir
  13. Simplesmente maravilhoooso e fica com aquela casquinha grossa.

    ResponderExcluir
  14. Perfeito esse pão, Maurício! Até o momento é o meu favorito! Quentinho então é impossível comer uma fatia só, a casquinha fica super crocante e o aroma é delicioso!

    ResponderExcluir
  15. Mauricio, pra ficar igual àqueles italianos que vc compra na padaria, com a casca bem grossa e o miolo consistente (aqueles que a gente ama usar com fondue), tem algum truque?

    ResponderExcluir
  16. aquela são feitos com uma fermentação toda especial, tem alguns que levam 3 dias para ficarem prontos....

    ResponderExcluir
  17. Olá Maurício. Em primeiro lugar, parebéns pelos seus blogs, acompanho todos eles, suas receitas são ótimas!
    Esse pão ficou delicioso, o mais gostoso entre os temperados que testei. Mas ele também sofreu com um problema crônico que até hoje não consegui solucionar. Meu pães salgados sempre ficam com um afundado no centro. Esse afundado é mais acetuado nos pães integrais, e não acontece com os doces. Costumo seguir a receita à risca, mas também tentei outras estratégias, como usar o ciclo de amassar, deixar por várias horas pro fermento agir por mais tempo. Usar a esponja que ensinou no panetone do Rogério Shimura... Mas o resultado sempre sai exatamente igual. Tem idéia do que pode ser? Uso fermento biológico seco fleishmann, farinha Dona Benta Reserva Especial (embalagem de papel) e minha máquina é da Philco.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, obrigado. Isso que mencionou que fez só acentua o problema, as causas podem ser várias, desde excesso de fermento a farinha ruim, leia as DICAS BASICAS aqui no blog que dou todas as dicas, causas soluções, etc.... Abraços.

      Excluir
    2. Se me permite dar uma dica, isso também acontece às vezes com meus pães, quando a massa cresce demais, por isso, não uso o ciclo completo da máquina. Geralmente uso apenas o ciclo de bater/amassar e fico acompanhando para que a massa não cresça demais. Quando chega numa altura mediana, eu interrompo o ciclo de bater/amassar e uso a função de assar. Mas nas vezes em que eu esqueço de acompanhar, a massa cresce até bater na tampa e aí não tem jeito, quando coloco para assar, o pão fica com as bordas elevadas e afunda no meio.

      Excluir
    3. Mas isso não é solução e quebra toda a praticidade da maquina, justamente é para não ter que olhar ou acompanhar, deixa a maquina fazer tudo sozinha rs... se isso esta acontecendo é porque tem algo errado, fermento d+ principalmente. Veja as DICAS BASICAS aqui no blog que ensino como resolver esse e outros problemas. Abraços.

      Excluir

Por favor, antes de perguntar veja se sua dúvida já está respondida no próprio texto da receita ou nas DICAS BÁSICAS, links ali no topo do blog no Menu, ou ainda aqui mesmo nos comentários. Obrigado!